Comentários & Contatos

Comentários & Contatos

Pensamentos, comentários, sugestões, ideias, estórias que você quer compartilhar, críticas?

Eu não posso garantir uma resposta imediata, mas eu leio tudo que você me enviar. Você pode contactar-me pelo aqui.

Por favor indique em seu email se é particular para mim, ou se você gostaria que fosse exibido. Eu não publicarei qualquer coisa sem a sua aprovação explícita.

Eu postarei aqui qualquer comentário interessante que você quiser. O seu email não será postado. Comentários podem ser editados.

Se você quiser ter o seu comentário postado, por favor, indique o seu nome (real, inventado, apelido, o que você quiser) e localização (em Londres, na Ásia, ou em uma praia deserta estão todos ótimos).

Comentários somente sobre o texto são chatos, então se você incluir um link para um desenho que represente como você está se sentindo, eu usarei como um grande avatar para o seu post. Se você não incluir um link, eu escolherei um para você.

Enviar uma mensagem: para publicar ou particular, não para publicar
 

dfdfdfdfs



Anexar desenho
(só se você quiser)

Comentários
 

Tiago
Rio de Janeiro

July 2017


Obrigado por todo o conhecimento exposto aqui, principalmente por conter informações de nível científico, pois me dou melhor com eles, do que os conselhos de outras pessoas devido ao caráter empírico. Comigo a situação é que eu devido a minha imaturidade não soube gerenciar um relacionamento que tinha tudo para dar certo, eramos felizes... mas eu coloquei tudo a perder, e ela simplesmente se cansou (depois de 3 anos) em foi embora. Fiquei atrás dela, mas ela precisava ficar bem, e eu não aceitava, me desestruturei emocionalmente, mesmo assim ela ainda se preocupava comigo, a distancia. Entendi depois que ela estava fazendo o certo, saindo de um relacionamento que estava a machucando, não era egoísmo, era o direito dela. Quero realmente que ela fique bem, melhore e siga sua vida, seja muito feliz. pois ela é uma mulher incrível. Com tudo que li reforçou minha posição de manter o não contato e respeita-la.

Lya Garcia
Sao Paulo

July 2016


Olá, entrei neste site por acaso e gostaria de deixar minha admiração pelas sábias palavras.. estou passando por um período difícil e tem me ajudado muito... obrigada!.

William
EUA

May 2016


Me casei com um americano e ele terminou comigo ha quase 3 meses. Me acusa de ter o traído. Falou isso para toda a família e amigos dele. O pior de tudo isso é que ele não tem provas de que isso aconteceu e me acusa friamente! A principio fiquei indignado e ofendido por ter sido acusado de algo que não fiz. Depois dos amigos e família dele me confirmarem de que é isso realmente que foi a causa do nosso termino eu tentei conversar e entender o porque ele estava jogando fora todo o nosso amor por uma injustiça. Enfim, cansei de lutar sozinho por tentar provar algo que eu não fiz. Vi que ele tem um problema que é ele quem tem que resolver "confiança ". Tive os piores dias da minha vida e ainda estou me recuperando. Lendo o seu site pude ter clareza sobre alguns aspectos. Obrigado. Tudo vai ficar bem. E como vc mesma fala a peça mais importante de tudo isso sou EU! de me curar, aprender e voltar a viver a minha vida novamente.

Camila
Curitiba

April 2016


Achei seu guia e está salvando meu dia.

Eu estava ainda estou desesperada. Suas orientações me acalmaram e as usarei tudo para me curar.

Meu caso não se trata exatamente de um rompimento formal, ele simplesmente não me liga mais, liguei duas vezes nos últimos dias e ele foi frio, tranquilo, me tratou como uma estranha, não me deu conversa, se chateou quando forcei uma resposta dele, me disse que não era nada disso, que não queria terminar, mas está agindo como se já tivesse terminado.

Estou há apenas 1 mes com ele, uma paixão avassaladora de ambas as partes, ele mora em outra cidade e veio me ver apenas duas vezes e nosso encontros foram maravilhosos, com muito tesão e paixão.

Até então ele tinha planos de casar comigo, cuidarmos dos meus e dos filhos dele, enfim, um homem encantador. Será que estou lidando com um canalha que inventou tudo?.Acho que não, acho que ele quis e quer tudo isso, mas na realidade do dia a adia ele não consegue ser desse jeito e não me encaixo em sua vida. Sei lá. Eu dei um basta e bloqueei ele do face, e estou considerando esse desprezo dele como um rompimento covarde e egoísta para não dizer coisa pior. Ou ele quer terminar e tem pena de me magoar, ou não está nem aí comigo , nem se deu ao trabalho de terminar, ou está me deixando de molho já que sexualmente somos ótimos juntos.

Enfim, se você quiser montar um artigo sobre o que te falei eu ficaria muuuuiiiitoooo feliz, pois assim como eu, milhares de mulheres vivem esse drama de estar pendurada numa relação que não ata nem desata, com crises de consciência, ou sem saber se estão juntos ou não, com suas vidas paradas esperando os príncipes se decidirem, darem o ar de sua graça, ou se pronunciarem.

Perdoe algum erro de português. E muito obrigada, enquanto você não me retorna, seguirei sua cartilha, pois na dúvida se aquele sujeito me quer ou não, prefiro já começar a salvar a min ha pela.

Beijooooo !!!!

FRG
Rio de Janeiro

January 2016


Boa tarde!

Encontrei esse site hoje e já li todos os artigos. Amei os textos.

Muitos dos sites que visitei, diziam que a dor do amor passa depois de semanas, ou 1 mês após o término. Eu me sentia completamente envergonhada por já ter 5 meses que meu ex terminou comigo e ainda não consegui me recuperar totalmente, ainda pensar nele, e me sentir triste.

E realmente procurei muito ajuda em outros sites, e já comprei livros pra tentar recuperar, e muito deles são conselhos que qui dão de graça; além de alguns darem conselhos fantasiosos, e criam falsas esperanças.

Parabéns pelo site. Vou reler os artigos novamente e se Deus quiser, conseguir seguir em frente e me recuperar logo.

A.
Lisboa

July 2015


Olá!

Adoro o seu guia, muito obrigada por ter feito isto.

Terminei uma relação de 3 anos há 2 anos, na verdade ele terminou. Fiz tudo errado, implorei, mantive contacto no facebook durante mais de um ano, procurei, falei com ele, enfim, tudo errado. Ele deixou-me por outra que também já deixou e já está com outra. Há um ano acabei com todo o contacto.

Pensei que ele voltava, pensei que ele era o homem da minha vida.

Mantive sempre esperança... Mantive sempre contacto com os pais dele, isso deve ser um erro, não acha? Mas gosto tanto deles...

Todos os dias penso nele, o que eu faço para largar esta obssessão?

Obrigada

Eu
Autora deste site

July 2015


Ola!

Todo mundo comete erros no processo de recuperação, A. Não se preocupe, todo mundo passa pelos estágios de súplica e lamentação, todo o mundo se atola e sente autopiedade e ódio por si mesmo. Mas quanto mais cedo você puder compreender o que está acontecendo a você e realmente apegar-se as ideias básicas que eu descrevo aqui, mais cedo você vai curar-se e voltar para si mesma.

Fácil de se entender o seu problema. Literalmente todo segundo de todas as horas de todo dia, você pensa em seu ex-.Não importa o que você está fazendo, com quem você está falando, a única coisa acontecendo na sua cabeça que realmente importa é o pensamento non-stop no seu ex-.

É discutível quanto e em que extensão você pode realmente acelerar a cura. É verdade que o tempo realmente é o grande curador. Então você tem que sofrer a dor em algum grau não importa o que você faça. Mas não há dúvida que você realmente pode realmente piorar para você mesma, aumentar a dor e atrasar a recuperação se você fizer as coisas da maneira errada.

Um ano é muito tempo, A. No momento a regra mais importante é de longe não ter nenhum contato com o seu ex- até você ter se curada. Mas todo contato com o seu ex- só prolongará a sua cura.

Ser rejeitada machuca tanto, mas você se curará. Eventualmente todo o mundo se cura. A questão real é quanto tempo você vai desperdiçar antes de fazê-lo... e quantas outras coisas importantes você destruirá no processo, como amizades, laços familiares, escola/carreira, a sua saúde, e mais.

Eu desejo toda sorte para você. Nos momentos mais escuros de tristeza pós-rompimento pode parecer impossível acreditar, mas por favor, acredite em mim que a sua dor eventualmente desaparecerá, tudo isto será só uma memória, e você sairá mais forte e a sua vida será melhor por causa da experiência.

Desejo tudo de bom para você.... :)

Fernanda
São Paulo

April 2015


Olá!

Sinceramente, os artigos foram de extrema ajuda.

Terminei um relacionamento de 1 ano e meio e sai muito machucada.

Vi meus planos e sonhos sendo desmanchados pois ele quis viver a empolgação do momento. Fui atrás, implorei, prometi, me humilhei ... fiz todos os passos contrários.

Quando eu sumo, ele aparece e depois, some de novo e eu vivo a esperar o dia em que ele finalmente voltará. Tem um mês e alguns dias que terminamos e estava vivendo num inferno ... hoje já me sinto melhor mas de longe estou perto dos 100%.

Farei o que sugere ... cortar totalmente o contato, pedir para levarem suas coisas de minha casa (que ele não quer buscar, acredito que para marcar território), enfim ... dar sentido ao fim deste namoro.

Foi de graaaaaande ajuda os textos.

Muito obrigada!

Eu
Autora deste site

April 2015


Olá, Fernanda!

Muita obriga pelas suas dicas.

"implorei, prometi, me humilhei"... aaaa, não se preocupe, Fernanda. Todo o mundo, literalmente todo o mundo, passa pelo estágio de implorar / apelar / barganhar imediatamente depois do rompimento.

Mas cortar totalmente o contato, que ótimo! Contato com o seu ex- é literalmente como cortar a sua cicatriz outra e outra vez. A falta de contato é para ajudar VOCÊ a curar-se.

A memória de todo o mundo de seus relacionamentos e seus rompimentos são diferentes, obviamente. Mas o que será o mesmo é isto: arrependimento enorme pelo tempo depois do rompimento que eu passei afundando-me na minha própria miséria. Ser rejeitada machuca tanto, mas você se curará. Eventualmente todo o mundo se cura. A questão real é quanto tempo você vai desperdiçar antes de fazê-lo... e quantas outras coisas importantes você destruirá no processo, como amizades, laços familiares, escola/carreira, a sua saúde, e mais.

Nos momentos mais escuros de tristeza pós-rompimento pode parecer impossível acreditar, mas por favor, acredite em mim que a sua dor eventualmente desaparecerá, tudo isto será só uma memória, e você sairá mais forte e a sua vida será melhor por causa da experiência.

Eu desejo toda sorte para você em São Paulo...



Daniel
Lisboa

October 2014


Muito obrigado pelas suas dicas.

Ajudou-me a redefinir comportamentos. Tenho andado desde há 6 semanas a lutar sozinho por uma reconciliação. A verdade disse-me toda você. Isso nunca irá acontecer então eu tenho que aceitar e comportar-me de acordo. Eu já comecei algumas coisas, diminui o contacto e estou concentrado nas minhas coisas / vida mas vejo que não é suficiente.

Tenho mesmo que cortar de vez.

É triste mas vou acreditar que o melhor está por vir. Depois de ler os seus artigos.

Obrigado.

Cumprimentos.

Eu
Autora deste site

October 2014


Daniel,

Eu aprecio o seu comentário. Obrigada.

Rejeição é um acontecimento traumático tão forte quanto qualquer dor física que você sente. De fato, a dor da rejeição ativa algumas das mesmas áreas do cérebro que a dor física.

"Tenho mesmo que cortar de vez."... Concordo com você. A regra mais importante é de longe não ter nenhum contato com o sua ex- até você ter se curado. 6 semanas é um tempo muito pequeno. Ninguém vai se sentir bem em 6 semanas, não é muito realista para ficar realmente curado. O que você faz e como você lida com si mesma realmente pode afetar o seu processo de recuperação.Mas não há dúvida que você realmente pode, pode realmente piorar para você mesma, aumentar a dor e atrasar a recuperação se você fizer as coisas da maneira errada.

Nos momentos mais escuros de tristeza pós-rompimento pode parecer impossível acreditar, mas por favor, acredite em mim que a sua dor eventualmente desaparecerá, tudo isto será só uma memória, e você sairá mais forte e a sua vida será melhor por causa da experiência.

Eu desejo toda sorte para você en Lisboa, Daniel. :)))

P
São Paulo

September 2013


Gostei muito do seu guia.

Terminei um relacionamento. Minha vida foi um inferno nesse meio tempo. Sofro de insônia e depressão.

Não sei como me preparar e como agir no dia.

Obrigada.

Eu
Autora deste site

September 2013


Obrigada por sua carta.

A relação de anos é muito tempo. Rejeição é um acontecimento traumático tão forte quanto qualquer dor física que você sente. De fato, a dor da rejeição ativa algumas das mesmas áreas do cérebro que a dor física.

Há muitas coisas que você pode fazer para minimizar a dor e acelerar a sua recuperação. Todo mundo comete erros no processo de recuperação, todo mundo passa pelos estágios de súplica e lamentação, todo o mundo se atola e sente autopiedade e ódio por si mesmo. Mas quanto mais cedo você puder compreender o que está acontecendo a você e realmente apegar-se as ideias básicas que eu descrevo aqui, mais cedo você vai curar-se e voltar para si mesma.

Se você estiver seguindo todos estes passos agora, parabéns. Você já está fazendo muito melhor que 99% das pessoas seguindo um rompimento. Vai ajudar muito.

Nos momentos mais escuros de tristeza pós-rompimento pode parecer impossível acreditar, mas por favor, acredite em mim que a sua dor eventualmente desaparecerá, tudo isto será só uma memória, e você sairá mais forte e a sua vida será melhor por causa da experiência.

Eu desejo toda sorte para você.

Thereza
Minas Gerais

August 2013


Na verdade você tem toda razão. Eu também vivo no inferno.

Muito obrigada pelo conselho.